Arquivo da tag: SPFW

Eventos, Moda

Minha primeira vez na SPFW

Há tempo que tento acompanhar as semana de moda mundo afora pela internet. É uma enxurrada de posts e fotos durante dias e a gente fica até perdida com tanta informação. Sempre gostei de ficar de olho no que as marcas e estilistas andam propondo, mas nunca tinha tido a oportunidade de ver de perto. Mas esse ano, aos 45 do segundo tempo, eu consegui dar um pulinho nesta edição da SPFW, graças a ajuda de um amigo (Fagner, eu te amo! kkkk) e aí acho que vale a pena dividir com vocês essa minha primeira vez no SPFW.

SPFW-02

Fotos: Agência Fotosite para FFW

Primeiro, eu achei que era mais difícil entrar no evento, mas quem tem amigo tem tudo nessa vida. Duas são as formas de adentrar o recinto: ou credenciado para trabalhar – jornalistas, maquiadores, modelos, equipe de produção – ou com convite para assistir o desfile.  A credencial necessariamente não te dá acesso à sala de desfile, apenas à área de convivência, backstage e sala de imprensa. Para assistir os desfiles é preciso ter o convite específico para cada um deles, que é distribuído pelas assessorias das marcas (para os jornalistas, clientes, celebridades, etc). Quando está chegando perto da hora do desfile, as assessorias distribuem o que eles chamam de convite standing, é um extra que fica lá no aguardo para o caso de ter espaço sobrando na sala. E foi assim que eu assisti o desfile do Vitorino Campos.

SPFW-03SPFW-04

Foto: Agência Fotosite para FFW

Mas antes de chegar no desfile, eu aproveitei para curtir o espaço. Passei pelos lounges dos patrocinadores, comi e bebi “de grátis“, encontrei um monte de amigo – vários baianos trabalhando por lá, mas não tirei foto com ninguém :( – e observei o movimento. Porque entre um desfile e outro, é massa acompanhar o que tá acontecendo do lado de fora da sala, onde as pessoas vida real circulam, os profissionais trabalham e muita coisa acontece. Essa edição foi incomum, um momento de transição – aquela história toda do see now buy now -, com uma estrutura menor, desfiles ocorrendo em outros espaços da cidade, mas com alguns acontecimentos muito emblemáticos (falo em breve sobre, em outro post).

SPFW-01

Foto: arquivo pessoal

Não pude conferir o backstage. Adoraria ver como acontece a mágica nos bastidores, mas fica para uma próxima oportunidade, espero. A sala de desfile não era enorme, aqui em Salvador já vi parecida, mas a estrutura de captação (vídeo e pit de fotógrafos eram bem melhor e maior).

O que eu achei? Eu amei! Talvez por ter sido a primeira vez, mas sei que tem gente que encara como algo comum. Para mim, foi um dia mega especial, de poder viver um pouco da moda em um ambiente mais pulsante que aqui na minha cidade. Acredito que uma edição nos padrões comuns, maior, acontecendo no prédio da bienal, com todos os lounges e eventos paralelos, seja mais bacana ainda. Fico na expectativa de no próximo poder ir novamente, dessa vez mais a trabalho que a passeio. Para quem gosta de moda (no sentido de trabalhar na área, não de apenas de saber o que está na moda para comprar roupa), uma semana de moda é sempre um lugar legal para estar e aprender. 

Sem categoria

Calendário de Moda 2015 – Primeiro semestre

A engrenagem da moda não para nunca! Enquanto a gente está aqui curtindo as tendências e novidades desse verão, a marcas já estão se preparando para apresentar o verão do ano que vem! A São Paulo Fashion verão 2016 (o que vai estar nas lojas no final de 2015, início de 2016) já tem data marcada: começa dia 13/04. Enquanto a data não chega, a gente acompanha as semanas de moda internacionais. Anota aí na agenda!

backstage-desfile-alta-costura
Foto: Reprodução

No próximo domingo, dia 25, começa a semana de Alta Costura em Paris. É o que eu chamo de desfiles de sonhos, pois são as coleções dos vestidos de gala de maisons como Elie Saab, Valentino, Chanel, Dior e companhia. A gente tem um post antigo aqui no blog falando sobre o que faz uma coleção ser considerada alta costura e quais marcas participam dessa semana de moda. Em fevereiro, começa a semana prêt-à-porter: primeiro em Nova York, dia 12, seguido de Londres, dia 20, Milão, dia 25 e por fim Paris, já no dia 03/03.

CALENDARIO-MODA-2015

No Brasil a, o calendário se inicia com o Minas Trend, de 07 à 10 de abril, lá em BH. Depois é a vez da São Paulo Fashion Week, que vai de 13 à 17 de abril, seguido de Dragão Fashion em Fortaleza, de 22 à 26 de abril. Tem também a Casa de Criadores, que não encontrei a data oficial para esta temporada ainda, mas deve acontecer na mesma época da SPFW.

Logo que comecei com o blog, cheguei a tentar fazer uma “cobertura” de desfiles, mas não funcionou muito bem. Achava que os leitores não se interessavam tanto assim pelo que via nas passarelas porque o via muito distante da sua realidade, tanto na questão financeira quanto no estilo. Hoje, acho super importante acompanhar esses eventos porque ainda que muitos de nós não vamos pode comprar essas peças, toda essa criação é extremamente inspirador para quem trabalha com moda e/ou ama esse mundo. As cores, as ideias, as composições, todo o processo criativo. Estarei de olho nos desfiles e vou tentar trazer essas informações de forma mais simplificada e prática possível para vocês. Fiquem ligados!

Sem categoria

SPFW na vida real: 03 propostas de Wagner Kallieno

Quase zarolha de tanto de ver desfile, posso dizer que tenho o meu favorito: Wagner Kallieno. Ok,talvez esse não tenho sido o mais criativo e mirabolante do desfiles da SPFW, mas essa é uma escolha completamente pessoal, afinal esse é meu blog e eu escrevo em primeira pessoa, levando em conta o meu estilo e preferências. Se você reparar nas cores e formas escolhidas pelo estilista potiguar, vai ver que tem tudo a ver com o que eu atualmente gosto: minimalismo, conforto, geometria, cores neutras.

Desse desfile, acho que dá para tirar três ideias boas para o dia a dia: o conforto do moletom combinado com uma peça mais sofisticada; o uso do colar por cima da gola e o look monocromático em materiais e texturas diferentes.

Moletom chic

Queria muito que Salvador tivesse um inverno menos descarado e nos proporcionasse um pouquinho de frio para eu poder usar moletom mais vezes. Ô peça que é a cara do conforto! A ideia aqui é combinar com uma parte de baixo mais arrumadinha para não ficar com jeitão de roupa de academia, tipo moletom + saia lápis, moletom + calça social, moletom + calça de couro.

SPFW-Kallieno-Moletom

 

Gola rolê + colar
A gente sempre acha que colar só vai bem se a blusa tiver decote, né? Tem até uma regrinhas de qual tipo de colar fica melhor para determinado tipo de decote. Mas a gente pode quebrar essas regras e usar colar mesmo com a gola lá em cima, não só a rolê, mas a gola de camisa mesmo, toda fechadinha até o último botão.

 SPFW-Kallieno-Colar-Gola

Monocromático com texturas
Um look todo preto não precisa ser sinal de monotonia. Nos looks do Wagner a mistura de dois materiais fazem da combinação algo bem mais interessantes. Ele usa o moletom preto de algodão + saia lápis em vinil também preto. Só que um é fosco, o outro brilhante, aí a gente consegue bem ver as duas peças. Em casa dá para fazer com a peça que você tiver, tipo renda + couro, seda + brim, e por aí vai.

SPFW-Kallieno-Monocromatico-Texturas

Não que essas sejam ideias revolucionárias, nada nunca pensado antes, não é isso… É só para gente analisar e observar com calma e ver que apesar de o que vemos na passarela às vezes parecer inacessível – ou porque é muito alegórico ou porque é muito caro – algumas ideias de forma isoladas podem ser usadas na prática sim. Vale fazer esse exercício de observação!

Sem categoria

SPFW na vida real: Camisa branca da Animale

Passados todos os desfiles da semana de moda, é hora da editoras de moda e suas equipes sentarem para transformar toda aquela informação em pauta. Queria eu ter uma super equipe ou ao menos trabalhar em super equipe de revista para cobrir o evento! Mas por aqui sou apenas eu sozinha mesmo então, aos poucos vou soltando algumas ideias.

Antes eu tinha muito bode da SPFW porque achava um saco ver um monte de desfile com um monte de roupa que eu achava pouco acessível para a maioria de nós. Mas a vida passa, a gente cresce e aprende que a depender do seu olhar dá para tirar muita informação útil de todas essas propostas que os estilistas trouxeram e então adaptar para nosso estilo de vestir e viver. Para começar então, queria falar da camisa brancas da Animale.

SPFW-Cobertura-Animale-CamisaBranca

Essa peça tão básica que quase todo mundo tem no armário foi um dos destaques da coleção que o Vitorino Campos criou para a marca. Só que na proposta dele, ela veio com uma modelagem mais ampla, quase boyfriend (tipo peguei a camisa no armário do namorado), sem botões, gerando um suuuper decote. Sexy, minimalista, contemporânea. E o quê dá para tirar dessa proposta para usar na nossa vida de gente que trabalha, estuda, anda na rua e não na passarela?

CamisaBrancaOversided-NasRuas

Primeiro, o tamanho. Sim, é tempo de apostar em uma camisa menos ajustadinha no corpo e assumir o conforto de uma camisa mais folgada. Aliás, o desfile é de inverno mas a proposta também tem tudo a ver com verão, que combina com frescor que as roupas mais soltinhas proporcionam.

Segundo, o decote. Não vai precisa ser tão profundo como o desfile, mas ao deixar os primeiros botões abertos a gente já consegue um bom decote em “V”, que é ótimo para alongar e silhueta e dá um toque “sexy sem ser vulgar“.

Por fim, se você tiver um namorado bem maior que você, dá para usar a camisa como vestido, igual ao primeiro look que entrou na passarela. Boa ideia para renovar o uso da camisa branca, né?

Aí, vai dizer que não dá pra tirar umas inspirações boas para vida real, com o que a gente já tem em casa, do que vê nas semanas de moda?