Arquivo da tag: mercado baiano

Mercado, Moda

Mia, marca baiana especializada em camisas femininas.

Um das coisas mais comuns no meio da moda, é gente que veio de outras formações profissionais porque, apaixonado por moda,  resolveu investir e empreender na área. É o caso das sócias da Mia, marca baiana especializada em camisas femininas. Paula é relações públicas, Ciça é administradora e Kika é publicitária, mas antes de tudo, são amigas de infância que realizaram o sonho de criar algo juntos. “Passamos de consumidoras a produtoras e é completamente diferente. Lidamos agora com o lado business da moda, mas que com certeza o fato de sermos consumidoras nos dá um know-how muito bom”, conta Paula.

vistamia_01

Em Salvador, fazer moda não é fácil, e as meninas participam de todo o processo: “Colocamos a mão na massa – pesquisamos modelos, compramos tecidos e levamos tudo para um atelier que faz a pilotagem e os modelos começam a ganhar vida. É um prazer imenso participar de todas as etapas do processo. Lembrando que tudo é feito aqui em Salvador“. O projeto começou em março do ano passado e já está no quarto lote de produtos. Isso porque as camisas tem quantidade limitada, ou seja, não tem muita chance de você se esbarrar com alguém com a roupa igual a sua por aí. Além de ter um produto que é feito e pensado individualmente, com carinho e voltado para as necessidades da cliente da marca, material e mão de obra local são valorizados e fomentados, o que é maravilhoso para o mercado de moda na cidade! <3

d419ba_08cb1c9474e5477793ca5da03a2d25d1-mv2_d_1962_1400_s_2

A proposta é oferecer uma moda acessível, com preço justo e modelos que possam ser usados nas mais diversas ocasiões – da reunião ao happy hour. Segundo as sócias, “não dá mais para ter aquela roupa que seja só de trabalho e outra só de passeio. Tudo que fazemos é pensando nessa flexibilidade dos momentos diferentes do dia e da vida, né?“.

A receptividade foi tão boa que além de encontrar a Mia em eventos de moda na cidade, como o Pop Up Shop, você pode comprar online, através do e-commerce da marca, que cresce cada dia mais. “Estamos muito felizes. Fazemos o que amamos e até mesmo os problemas que enfrentamos são resolvidos com uma energia diferente, sabe? O feedback das pessoas só mostra o quanto estamos no caminho certo. Acredito que a nossa satisfação pessoal faz com que nosso empenho e dedicação seja cada vez maior. “

Valorização da mão de obra local + comércio justo + slow fashion. Olha quanta coisa bonita que em uma mesma marca! Vale a pena conhecer! <3

Siga:  vistamia.com.br | @vista.mia 

Para conhecer outras marcas baianas:

Algaszarra, a marca de bijuterias essencialmente baiana.

Las Conchitas, acessórios de cabeça.

Compras, Mercado, Moda

Las Conchitas, acessórios de cabeça.

Carnaval é época de caprichar na produção, botar a melancia na cabeça e sair linda e colorida para curtir a folia. Por isso, não poderia haver melhor oportunidade para apresentar aqui no blog a Las Conchitas, marca de acessórios de cabeça.

A ideia de surgiu no Carnaval passado, quando as sócias Paula Quintella e Tati Vitória sentiram falta de acessórios mais ousados e coloridos para incrementar o look de uma forma fora da comum. Então nasceu as Las Conchitas, inspiradas em figuras como Carmen Miranda e Frida Kahlo, mulheres fortes que apostavam nas colorido das flores e frutas para afirmar sua imagem.

las_conchitas_1

Fotos: @cella_figueiredo para @correio24horas

las_conchitas_2

Fotos: insta @laschoncitas_

As meninas são responsáveis dor desenvolver todas das peças e elas mesmo põem a mão na massa para produzir artesanalmente as tiaras, pentes, fivelinhas e demais assessórios que compõem o portfólio da marca. Os materiais, em sua maioria, vem de fora de Salvador, que é para garantir um diferencial nos produtos. O painel de inspiração conta com imagens do Pinterest, revistas e editoriais de moda, clipes de músicas e tudo mais que tem um quê de ousadia fashion.

Esse período do ano é perfeito para dar um up nas vendas marca e um monte de gente bacana já está desfilando de Las Conchitas por aí.  O Caderno Bazar do Jornal Correio fez um editorial maravilhoso com algumas peças da marca (olha as fotos aí em cima!) Semana passada fui à um festinha pré-carnaval e junto com as meninas do #coletivominissaia apostei nos acessórios de cabeça para dar um tchan no look: fui com as fivelinhas de orquídeas da marca. Apesar das frutas e flores enormes, as orquídeas e outros acessórios mais discretos – a exemplo da linha party – dá para usar o ano todo.

A marca não tem planos de loja física ou e-commerce, mas elas estão presentes em algumas feirinhas que vêm acontecendo na cidade: Festival Foodstock e Feira Tropical. E você pode comprar pelo instagram e whatsapp da marca. Especialmente neste período Carnaval, elas vão estar também na The Finds do Rio Vermelho. ;)

Muito bom ver gente bacana empreendendo moda nesta cidade, trazendo coisas bacanas e diferentes! Aqui no blog, a gente super apoia!!

Siga: @lasconchitas_

Sem categoria

Algaszarra, a marca de bijuterias essencialmente baiana.

Algaszarra04

Para dar seguimento a nossa série de postagens sobre profissionais e empresas do mercado de moda baiano, escolhi como a primeira marca para visitar, a Algaszarra. Vários são os motivos: é uma empresa essencialmente baiana, bem conhecida por aqui, com trinta anos de história e de propriedade de uma família muito querida.

A história da Algaszara começou na década de 80 e está totalmente ligada à vida dos seus fundadores, Guilherme e Regina Linhares! Ele morava no Porto da Barra e adorava o mar. Ainda menino já tinha talento e gosto para criar colares e pulseiras com as conchas e algas que recolhia na praia. Já Regina era bailarina, adorava livros e se apaixonou pelo jovem cheio de criatividade. Juntos começaram a criar a trajetória da marca. O nome surgiu de uma brincadeira com a palavra algas – matéria prima das primeiras bijuterias e de algumas delas até hoje -, e a algazarra que que faziam na biblioteca da mãe do Guilherme enquanto montavam as peças. Algum tempo depois abriram a primeira loja, participaram de feitas, trabalharam duro e aos poucos foram expandindo o negócio, que hoje conta com nove lojas físicas nos principais shoppings de Salvador – cinco delas franquias -, uma unidade em Fortaleza, a linha de produção e agora a loja online.

Algaszarra02

Algaszarra03

Quem já teve a oportunidade de ver de perto o trabalho da marca sabe que sua história é contada através de cada produto selecionado ou produzido. Pois, apesar de oferecerem uma variedade gigantesca de peças e estilos, se mantendo sempre atualizados de acordo as tendências do mercado, não deixaram de lado as raízes e até hoje podemos encontrar bijuterias com conchas, corais, madre pérolas e referências marítimas, que tem tudo a ver com o DNA da marca ao longo desses 30 anos.

Por conta da grande demanda, parte dos produtos são fornecidos, mas outra parte – e que vem crescendo a cada dia -, é feita na produção sob a criatividade e orientação de Guilherme e Regina. Ele costuma fazer a peça piloto que depois de testada e aprovada, passa para a linha de montagem para ser reproduzida. O lugar é de enlouquecer quem curte bijuterias! Cheio de pecinhas e matéria prima para criar os mais diversos acessórios! Quase todos os dias tem novidades saindo de lá direto para as lojas!

Tudo é feito com muito cuidado e pensado para atender o cliente. Aliás, se tem uma coisa que é incrível na marca é o quanto eles são cuidadosos e preocupados em oferecer aquilo que o cliente deseja. A preocupação é ter disponível tudo que você precisa, desde o elástico de cabelo à clutch maravilhosa para uma festa. E sempre com preços justos, pois eles praticam valores o mais acessíveis possíveis ao consumidor, dentro das possibilidades que o negócio permite. Além disso, se tem uma peça que você quer de determinado jeito e não encontrou, vá até o site e conte sobre o seu desejo; eles farão o possível para realizá-lo!

Algaszarra01

Algaszarra05

Há alguns anos a marca não tinha presença na internet, mas isso vem mudando rapidamente. Com um site novo, moderno e cheio de novidades, a Algaszarra conta agora com atualizações frequentes nas mídias sociais – Instagram, Facebook, blog -, e recentemente abriu a loja virtual! Amanda Dragone, responsável pelo marketing digital da empresa explica que a evolução desse contato online com o consumidor tem sido extremamente positivo: “muitas vezes o cliente vê a peça no Instagram e vai à loja procurar, outras pedem e a gente já deixa reservado na loja mais comoda para ela“.  Eles também vêm investindo em campanhas e editoriais veiculados em revistas e outdoor, sempre voltados para valorizar a essência da marca e também a beleza e versatilidade da mulher baiana.

Todo esse trabalho em conjunto, bem planejado e executado, com todo o carinho e dedicação que só uma empresa familiar tem, vem ajudando a fortalecer e fixar a marca na mente do consumidor baiano e conquistando mais admiradores a cada dia.

Siga: www.algaszarra.com.br | @algaszarra | fb.com/Algaszarra