Filmes, Moda

Indicados ao Oscar de Melhor Figurino 2016: A Garota Dinamarquesa

Ainda sobre os indicados ao Oscar 2016 de melhor figurino, vamos falar de A Garota Dinamarquesa. Em um resumo bem sucinto, o filme conta a história de Lili Elbe, primeira transgênero a se submeter a uma cirurgia de redesginação de sexo e toda o conflito interno e social vivido pela personagem durante essa transformação. O figurino é assinado por Paco Delgado, que já concorreu ao prêmio em 2013 pelo seu trabalho em Os Miseráveis, que também contava com Eddie Redmayne – que dá vida a Lili  – naquele elenco. (Esse texto contém spoilers!)

oscar_melhor_figurino_2016_a_garota_dinamarquesa_1

oscar_melhor_figurino_2016_a_garota_dinamarquesa_2

Fotos: Reprodução

Aqui o elemento figurino é de extrema importância para contar a história. Mais do que contextualizar uma época – os anos 20 – a roupa acompanha a transformação da personagem. Neste período, a moda feminina caminhava para uma silhueta mais livre e reta, sem a pressão dos espartilhos, o que inclusive foi de grande ajuda, pois não foi preciso lançar mão de enchimentos ou próteses para deixar o corpo de Redmayne mais feminino.

Quem for atento desde o começo do filme, pode notar que as peças de roupas são elementos super importantes no processo de reconhecimento da personagem principal. Uma meia de seda é quase que o estopim para reacender em Lili, então Einer naquele momento, um sentimento que estava adormecido. Na primeira parte da história, a personagem usou ternos pesados e camisas de colarinho engomado.“Funcionam como uma proteção contra o mundo, mas também encarceram emoções”, explica Delgado. Para a fase de transição, os tecidos mais fluidos e cores mais suaves começam a aparecer. Segundo o figurinista, o look mais importante para ele no filme é o terno marfim acinturado, andrógino, que Lili usa quando é espancada na rua, cena que reafirma o quanto o que vestimos transmites mensagens e gera reações em que nos vê.

oscar_melhor_figurino_2016_a_garota_dinamarquesa_3

Foto: Reprodução

Quando se vê completamente transformada, surge uma mulher colorida, de vestido de tecidos leves, de cores quentes e estampas, inspirados nas criações de Jeanne Lanvin, em total sintonia com a liberdade que a personagem enfim sentia ao ser ver livre de viver uma vida na qual não se reconhecia. Um presente para os olhos! Um figurino lindo, como aliás é a moda desse período, e cheio de significados, que conta a história tanto quando qualquer outro elemento do filme.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>