Sem categoria

Estilos universais: com qual (quais) você se identifica?

Quando a gente começa a estudar consultoria de imagem, ou em qualquer livro sobre o assunto, sempre tem dois capítulos importantes: tipo físico e estilos universais. O tipo físico a gente já falou aqui no blog. É bacana você identificar o seu e saber o que geralmente fica legal para cada tipo de corpo, o que valoriza a suas formas. Digo geralmente, porque em alguns casos as “regras” são quebradas e uma coisa que sempre dizem que não fica bem para determinado formato de corpo – exemplo: calça estampada para quem tem quadril largo – pode sim ficar bom. A gente só tem como saber experimentando.

Quanto aos estilos, eles são sete - romântico, esportivo/natural, clássico/tradicional, elegante, moderno, criativo e sexy – e dizem que a gente normalmente tem características de ao menos três deles.

Na minha humilde opinião – de quem ainda está no comecinho dessa história de estudar moda – não gosto muito de classificar ninguém em estilo não. Venho percebendo que as pessoas mudam muito e tem gente que pode passear pelos sete estilos, dependo do humor na hora de se vestir. Lógico que existe uma predominância nas nossas escolhas de moda, mas no final das contas, a maioria de nós – principalmente quem gosta de moda e tendência e está tão suscetível a esta última – acaba usando elementos que remetem a quase todos estes estilos. Então o que acaba acontecendo é que tem um deles que você usa mais, mas sempre tem um pouco dos outros. Dito isto, vamos a eles e suas características mais marcantes.

1. Romântico: não quer dizer necessariamente que seja tudo rosa e com lacinhos e babadinho. Esses elementos também fazem parte, mas tem muito mais coisa que remete a este estilo. Quem é romântico gosta de cores claras, nudes e tons pastéis (além do rosinha, tem azulzinho, verdinho, amarelinho…), detalhes femininos e delicados como laços , corações,  rendas e bordados, estampas florais, tecidos fluidos, formas de meninas mesmo como saias rodadas, cintura marcada, sapatos com bicos arrendados – mary janes, sapatilhas..), bolsas menos estruturadas, acessórios delicados.

 2. Esportivo/natural: para ter o estilo esportivo, não precisa necessariamente praticar esportes (é esportivo, não esportista). O esportivo é a pessoa que prioriza o conforto, praticidade e simplicidade na hora de vestir. Aqui a escolha é para tecidos naturais, com caimentos mais soltos – nada apertando ou justo no corpo – que tenham um toque agradável. Os acessórios são simples e tem funcionalidade, como bolsa a tiracolo – que deixam as mãos livres para se movimentar melhor – sapatos confortáveis, baixos ou com saltos médios. As cores são mais neutras e quando usa estampas, são as clássicas como xadrez, poás e listras.

3. Clássico/tradicional: é aquela que passa uma imagem conservadora e super formal, tipo roupa de advogado, sabe? Peças com linhas retas, estruturadas, cores neutras – preto, branco, cinza, marinho – estampas discretas – risca de giz, tweed, pied-de-poile – e poucos detalhes, tudo mais fechado e composto (nada de decotes!). Os acessórios são clássicos: bolsas estruturadas, pérolas, sapatos de salto médio… Quem tem esse estilo não adota modismo e não costuma se arriscar com peças diferentes e que chamem atenção.

4. Elegante: aquele que tem uma aparência impecável, que mesmo usando uma calça jeans e camiseta passa um ar de sofisticação. Para estar sem com a cara de nasci-chic-assim, opta por combinações monocromática (que alongam a silhueta, e alongar a silhueta deixa a gente mais fina, nos dois sentidos) ou tom sobre tom: mesma cor em tons diferente ou cores diferentes no mesmo tom (tudo claro ou tudo escuro). Investe em peças de qualidade, com bons acabamento e caimento e de tecidos mais nobres (os naturais são os melhores: linha, lã, seda e algodão). Nos acessórios, adota os clássicos, mas com moderação, para não ficar tão careta.

5. Moderno: o moderno é aquele que não só anda muito elegante, mas com uma pitada de ousadia, uma imagem cosmopolita. Não é uma pessoa muito colorida, mas quando usa gosta de cores contrastantes e fortes (nada de tons pastéis): preto e branco, roxo com rosa, marinho com nude e por aí vai. É minimalista, poucas cores, estampas ou acessórios, deixando a atenção do look para as formas mais estruturadas, assimétricas e geométricas, modelagens diferenciadas, fendas, pontas… Aí também rola um pouco de brilho, mas não de paetês e sim dos metalizados. Eu podia ilustrar só com fotos da Taylor Tomasi (a primeira da montagem) porque para mim ela é a síntese do estilo moderno.

6. Criativo: é para quem gosta de experimentar e arriscar mais na hora de se vestir. É o estilo que passeia por todos os outros, porque sabe misturar muito bem: cores – alô colorblocking! – estampas, textura, comprimentos, sobreposições É aquela pessoa que usa uma peça super moderna com outra garimpada em um brechó e parece que as duas tem tudo a ver! Não tem medo de ousar nos acessórios e adora uma bolsa divertida, um sapato diferente, uma bijous chamativa. É tudo ao mesmo tempo agora e ainda assim fica tudo harmônico.

7. Sexy: a mulher sexy gosta de seduzir, de atrair os olhares, por isso abusa de cores fortes e exuberância. Para ser sexy não precisa ser vulgar. Tem uma frase que li no Oficina de Estilo que diz que “a sensualidade acaba transparecendo muito mais nos detalhes do que nas obviedades”, no mostrar a pele e as curvas, mas de um jeito que sugere e não escancara. Transparência, decotes, ombros à mostra, comprimento mini, maxi acessórios, salto alto, sandálias de tiras, pulseiras, couro… mas tudo na medida e não “tudo ao mesmo tempo agora”. Ninguém precisa estar embalada à vácuo e com decote por todas as partes do corpo para ser sexy.. isso aí tem outro nome..rs

E aí? Se identificou com quais deles? Ou você também tem um pouquinho de todos?

 Fotos: Reprodução

 

Comments

comments

3 comentários sobre “Estilos universais: com qual (quais) você se identifica?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>