Pesquise
Assine o Feed
Blusas 468X60

Zara: novidades para o verão do hemisfério norte

 Um dos posts mais acessados de todos os tempos aqui no blog é aquele onde listo as lojinhas e blogs que vendem Zara pela internet. Apesar de ter pontos de venda em muitas cidades do Brasil, a verdade é que ainda assim ela atende a uma parcela bem pequena de brasileiras que, com acesso cada vez maior a informação de moda e tendência, buscam o consumo através da internet. Só que a Zara ainda não nos presenteou com uma loja virtual que entregue em nosso território, ou seja, nos resta buscar opções não oficiais.

Tenho a intenção de atualizar aquele post, porque sei que algumas das lojas saíram do ar e outras novas surgiram. Mas enquanto isso não acontece – ainda estou pesquisando, se você tiver alguma para indicar, manda pra gente! – a gente fica aqui pesquisando as novidades na internet e  desejando o catálogo inteiro!

zara-primavera14-01

zara-primavera14-05

A coleção que está indo para as araras no hemisfério norte é a primavera/verão 2014. Nas lojas daqui, a gente ainda vai ter que se contentar com as peças do outono/inverno, mas sempre há a opções de comprar por vias terceirizadas, né? Hoje, vim dividir com vocês as fotos dos últimos catálogos.

Essa coleção tem duas coisas que eu adoro: cores neutras e formas geométricas. Há algum tempo que ando curtindo muito esse jeito mais simples de vestir. Mas ainda tenho uma queda por mix de estampas e maxi colares, mas acho que tenho fazes.. rs

zara-primavera14-02

zara-primavera14-03

zara-primavera14-04

A gente sabe que a Zara é também um norteador de tendências para as fast fashions nacionais. Muito do que vemos por lá, que na verdade já é replicado das passarelas e grifes de luxo, a gente acaba vendo depois em lojas como Renner, C&A e afins, que por vezes demoram um pouco para de ligar na tendência. Hoje em dia menos, mas ainda acontece de ter determinada tendência que a gente só acha na Zara, aí depois de um bom tempo que começa a aparecer nas outras. Enfim, o fato é que não é de se surpreender se depois começarmos a ver peças iguais parecidas também nas Renneres da vida… o que é até bom porque, infelizmente, o preço da Zara aqui no país ainda não é tão em conta como lá fora e as outras lojas de departamento acabam sendo opções mais baratas.

Mas o que amo mesmo desse tipo de coleção, especialmente em cores lisas e neutras, é que por mais que sejam a bola na vez nessa estação, dá pra gente usar a vida toda sem ficar com cara de look datado. Meu look preferido dessa coleção é a saia de botões com regatinha (1ª foto da segunda montagem), e o de vocês?

JPG colcci 468x60
24
mar

Onde comprar roupa esportiva em conta?

Esses dias minha irmã me pediu para ir com ela ao shopping para comprar algumas roupas de ginástica e vou te dizer, como foi difícil! Definitivamente, não estávamos dispostas a pagar 100 reais numa blusinhas para malhar e por isso as opções ficaram bem restritas: lojas de departamento. Até tentamos em loja de produtos esportivos, mas Nike, Adidas não custam nenhuma pechincha  eu a gente achou que não valia a pena pagar tanto para um roupa de ir à academia. Veja bem, não é para ir com short velho e camiseta de propaganda, mas acho que assim como dá para se vestir bem no dia a dia a gente pode estar bem vestida sem gastar os olhos da cara, o mesmo princípio serve para ir à ginástica, certo?

9ed7dd1362672f936c02b197f2baa1ba

A notícias ruim é que não sei o que acontece com a época, algumas lojas estavam com pouquíssimas opções! A Marisa estava horrível e a Riachuelo e C&A também tinham pouca coisa legal. Bom mesmo estava a Renner , que aliás, vende online também.

Mas para quem não abre mão de marcas como Nike e Adidas, a gente descobriu um forma de comprar com com descontinhos. ;) Basta ir no VoucherCloud, se cadastrar e pronto. Você tem disponível cupons com descontos em lojas como Netshoes, Kanui, Nike e Centaura, para comprar com até 50% de desconto! Bom, né? Fica aí a nossa dica!

Este é um post publicitário e contem citações indicadas pela loja.

19
mar

Mob para C&A: como foi.

Era para eu ter acordo às 7:30, para estar no shopping às 8:00 para a compra antecipada da Mob para C&A. Mas assim como aconteceu com PatBo, deu preguiça e eu desisti de ir tão cedo. A Bruna foi na pré-venda na loja do Iguatemi São Paulo e passou o maior perrengue! Uma confusão louca de gente pegando tudo que via pela frente, só por se tratar de uma parceria com uma “marca”. E ela que não esperava essa comoção toda, desanimou e não levou nada. Já aqui em Salvador, peguei uma loja tranquila às 10h da manhã. Fui no horário normal e tinha um bom movimento, mas sem correria, peças arrumadas nas araras e opções de tamanhos e modelos suficiente, apesar de algumas peças nem terem vindo para a loja (a saia de tweed bordada, a de pedraria e o tricô vinho).

Olha, vou confessar uma coisa para vocês: eu tenho preguiça provar tudo para fotografar e por aqui no blog. Ah, gente! Tem que ter muito saco para tirar o botar roupa a manhã toooda e ainda ter que ir e vir no provador porque não tem como você entrar com todas de vez. Eu acabo escolhendo as que eu de fato compraria e levo pra provar. Peguei algumas que gostei e fui lá ver se dava em mim. Acabei levando uma blusa – cinza com mangas pretas – e uma saia verde e minha mãe – que me acompanhava – levou uma camisa estampada. Experimentei a calça com estampa de cobra, mas não ficou muito bom… tentei outras blusas, mas também não rolou sentimento, como diria Paula Magalhães.

MOB-para-C&A-Como-Foi

Tinha coisa bonita, tinha sim. Mas como a Bruna disse, quando conversamos sobre nossas experiências, era tudo com cara de roupa da própria C&A. Poucas peças eram diferenciadas, tipo coisa que nunca vejo por lá. Fora os preços de algumas coisas como as calças: R$169 é dose, né? E vou te falar um negócio, além de rolar a velha remarcação de preço nos produtos que sobram – a Bruna contou que no Shopping Eldorado tem camisa PatBo por R$69 e eu vi no Salvador Shopping a saia bordada por R$79,90!!! – a C&A tem o hábito de depois lançar na sua coleção regular algumas peças muito parecidas com as que vemos nessas parcerias. Um dia ainda vou parar para pesquisar e fotografar. kkkkkk

Ou seja, não vale a pena ficar louca e sair comprando tudo só porque é parceria com marca “famosa”. Essa desespero não é saudável, gente! A gente fala isso aqui mil vezes e vamos sempre repetir porque é isso que nós duas achamos: compre porque você precisa, porque ficou lindo em você, porque complementa seu armário, porque cabe no seu bolso e você sabe que vai usar, que cabe na sua rotina, no seu dia a dia. Ou seja, faça um compra consciente, ok?

13
mar

Tratamento da Joico

Se tem uma coisa que eu não faço há muito tempo, é hidratação de cabelos no salão de beleza! Aliás, ir ao salão em si é algo que tenho feito muito pouco messsmo. Cortar, alisar e mais recentemente pintar (pequenas mexas, não o cabelo de outra cor inteiro) eu faço em casa porque a minha cabeleireira é delivery! kkkkk Massss, abri uma exceção à convite do Salão Brigitte que, em homenagem ao dia da mulher, nos ofereceu um tratamento incrível com a linha Joico.

E olha que coisa incrível! Eu andava mesmo dando uma pesquisada nos produtos da marca, procurando ver preços e tudo mais. Aí surgiu esse oportunidade de experimentar todo o tratamento e assim poder ter certeza antes de comprar. Vou contar a história, é assim: sabe aquele salão famoso de São Paulo que é um spa para cabelos e que as it blogueiras and famosas vivem indo fazer tratamentos e etc? Eles tem uma linha própria de produtos para cabelos, vendidas só lá no salão para as clientes e entre eles tem uma tal de proteína, que todo mundo fala que deixa o cabelo um sucesso só. Mas como nem todo mundo pode se dar ao luxo de ir à São Paulo para cuidar do cabelo e comprar os produtos deles – é tipo muito luxo você ir à outro estado só pra isso, né? kkk – elas indicavam como substituto o K-Pac Reconstructor da Joico. Pronto, foi aí que surgiu meu interesse na marca que eu na verdade nem conhecia direito antes disso.

No sábado, eu aproveitei para conversar com a profissional da marca que estava nos atendendo no Brigitte e saber como era esse tratamento que é feito no salão e também sobre os produtos que a gente pode comprar e levar pra casa. Foram 05 passos, começando com shampoo, depois um para selar as cutículas – esse não tem para vender -, depois o reconstrutor e por fim dois produtos para hidratação.

Reconstrutor-Joico

Todo o processo é rápido até, mas não é dos mais baratos. É sempre bom ir fazer um mega hidratação no salão, com todas as etapas e direito a cochilo no lavatório enquanto massageiam sua cabeça.. kkkk  Mas sei que nem todo mundo a)gosta de passar uma manhã ou tarde no salão, b)pode pagar regularmente um tratamento assim. Por isso, a alegria que é poder comprar os produtos e levar para casa. Vende no próprio salão, mas você encontra em sites especializados em produtos de beleza também. Dei uma pesquisada nos preços do reconstrutor e varia bastante de loja para loja aqui na internet, mas já encontrei na faixa de R$120,00, que é o preço normal para esse tipo de produto. Pode parecer muito, mas com o uso não é diário, dura bastante e acaba valendo a pena.

Estou querendo muito comprar o reconstrutor para ter em casa e usar naqueles momentos em que o cabelo pede socorro, sabe? Quando a nossos cuidados caseiros com os produtos do dia a dia já não fazem efeito porque o dano tá grande. Mas ó, ele só funciona se usado em  dupla com uma hidratação, já que ele é reconstrutor e pode não deixar o cabelo suaves se não usado junto com um produto específico para hidratar.

E o resultado? Ok, sou uma blogueirafail e não tirei foto do depois, até porque, sinceramente nenhuma foto ia conseguir fazer vocês entenderem o quanto ele deixa o cabelo macio, sedoso, com uma textura de cabelo saudável, sabe? Eu realmente adorei e já está na minha wishlist de produtos de cabelo. Recomendo!

Este post contém produtos/serviços cedidos pela loja/marca citada.
O texto é opinião pessoal sem nenhuma compensação financeira.

13
mar

Acessórios para dar um up no abadá

Aproveitando a deixa dos maxi colares de ontem e o restinho (inho meessmo) de clima de carnaval, resolvi juntar os dois assuntos em um e falar dos looks de carnaval da Thássia Naves.  E porque exatamente os looks dela? Porque ela quase não customizou os abadás e mesmo assim chamou a atenção com um visual muito bem elaborado. E de um jeito muito simples: apostando em maxi colares e outros  acessórios.

Nem sempre dá tempo de levar a camiseta do evento – seja carnaval, feijoada pós carnaval, micareta ou qualquer outra festa de camisa ao longo do ano – para cortar e ajustar com uma costureira. E nem todo mundo tem habilidade para fazer isso sozinha em casa. E aí, como faz?  A ideia é fazer da camiseta uma coadjuvante no look, chamando atenção para os acessórios, que no caso da Thássia foram dois meeeega colares! Como é carnaval e agente se permite muito mais na hora de se ornar. Dá para sair com um super colar assim e até tentar uma mistura de maxi colares é bem vinda! Porque nessa época a gente não tem receio de sair meio árvore de Natal, né? Foi o caso de outra blogueira, a Carla do blog (f)utilidades, que também não teve tempo de customizar o abadá e apostou no truque da acessório (veja aqui).

acessórios-thassia-carnaval

Uma outra alternativa interessantes é fazer o olho correr para uma segunda peça de impacto, que pode ser um colete – tipo o que Thassia usou – ou uma saia cheia de brilho, como a Lala Noleto também fez. Pela foto, a gente percebe que a Lala até mandou ajustar a camiseta do camarote para ficar certinha no corpo. Mas repare que se não desse tempo de fazer isso, bastava cortar o comprimento, um pouco das mangas e gola que ia ficar lindo com a saia, que é a estrela do look. O olho vai toooodo pra ela!

Lógico que esses “truques” valem mesmo para quem vai para camarote, porque no bloco é complicado usar muito colares e saias bordadas. Na rua é tudo muito cheio, apertado e corre o risco de sua bijoux enroscar em outra pessoa ou você acabar estragando sua peça bordada de paetês e canutilhos. Não recomendo! Nesses casos, vai no jeans, no tênis, e no máximo um colar só, daqueles que se por um acaso cair, enroscar, derramar cerveja em cima, você não vai ficar chateada. Mas para as mocinhas do camarote, olha uma super oportunidade muito boa de fazer valer toda a grana que você gastou em bijoux e sair toda coberta de “ouro”. kkkk

11
mar